Uma conversinha rápida sobre pisos

Oi oi gente....

Hoje completa exatamente 1 semana que estou ensaiando o post a seguir; tem hora que bate aquela preguiça, tem hora que tenho que largar tudo e sair correndo resolver alguma coisa, e tem hora que simplismente não sei bem o que escrever: o assunto do dia? Pisos...

Bom, vou aproveitar a tarde chuvosa aqui em Chapecó, e o fato de estar de folga, com um comecinho de gripe pra por a prosa em dia, ok? Então que tal se juntar a mim, pega uma xicara de chá (sim aqui tá um frio danado!), uma mantinha (que a Havan aqui de CCO tá liquidando à R$39,9) e vamos à história:

Dia desses lá estava euzinha e minha prima, visitando a obra... tudo indo - não ao passo que gostariamos, mas dentro do esperado, e qual não foi minha surpresa quando minha prima parou pra ver os listelos da vizinha e solta um: "nossa que diferente essa parede em xadrez!" HEIN?! Xadrez? Não era toda branca? Bom, quase caí pra trás quando vi a parde da minha vizinha toda xadrezinho de branco e 2 outros tons de bege... é vizinha - era bom você dar uma passadinha na obra... e torçamos para que você goste do mosaico, pensando bem até que ficou legal... só assim... gente... no nosso cantinho essa história de piso de tons diferentes não vai rolar... já temos as pastilhas pra fazer o jogo de cores... já sai dali indignada e pensantiva: mais investimentos para no nosso cantinho.
Conversa daqui, troca idéia dali... e saimos com alguns diagnósticos da tal parede:
  1. tem chovido pacas aqui no sul... as toalhas de banho quase não secam por causa da úmidade, o que poderia ter causado o enxarcamento da peça cerâmica e ter causado a mudança de coloração - agora imagina você entrar no banheiro pra tomar banho, sua parede é branca, assim que você sai daquele banho quentinho e sua parede é creme? Ah quem diga que é luxo...
  2. Cerâmica de má qualidade...iiii ... foi aí que o post começou a travar... a vivizinha aqui está há dias procurando sites, pesquisas que possam nos mostrar por A+B como se defini a qualidade de um piso. Conclusão? Pouca coisa, mas enfim, vamos à elas:
  • um pouquinho de história, sabiam vocês que estamos chiques? Houve um tempo que a cerâmica era usada em palácios, e os artesões produziam as peças manualmente, criando desenhos pra decorar os ambientes? Viu menina, coisa de palácio!
  • Definição beeem resumida: A cerâmica de revestimento é uma mistura de argila e outras matérias-primas inorgânicas, queimadas em altas temperaturas. pra quem fico curiosa sobre as etapas de preparação dá um pulo aqui oh
  • Uma sapeada pelo Google e eis que se descobre vários fatores que influenciam a escolha de um piso:
  • O local de uso deve estar bem claro no momento da escolha do tipo de cerâmica: "alguns aspectos são fundamentais para a escolha correta do produto: as propriedades do material, o clima e local de uso."
  • Anota algumas siglas ai: PEI - resistência à abrasão/desgaste de uso (varia de 0 - riscam facilmente - à 5 - indicados para pisos de ambientes comerciais), absorção de água (muito importante quando se escolhe pisos, vão de "Bla"que são os porcelanatos, praticamente impermeável, à "Blll"que são os revestimentos de parede), qualidade do piso/tipo "A", "B", "C" - aqui estamos falando sobre a qualidade da esmaltação (aquela camada que protege e pode causar as diferenciações nas tonalidades do piso - anota isso aí vizinha, e dá uma conferida nas caixas que você comprou)... O "A" indica "piso de primeira" que vem com pouquissima ou nenhuma avaria nas peças (tricandos, manchas, etc.), o tipo "B" já sofreu algum dano na fabricação, diferenças de tons, etc... e o "C" é o famoso piso comercial - que pode ter desde com tons diferentes à tamanhos diferentes (sim isso ocorre...), então vai muito do uso que você vai dar ao seu piso...
  • Bom, pro post não ficar comprido demais, eis algumas leituras legais que acabei selecionando: Anfacer, Eliane: Revestimentos cerâmicos.

O negocio então girls é realmente, pé na estrada, caderninho de anotação e muita conversa com os vendedores na hora da escolha do piso! Nós aqui estamos exatamente nessa fase: acabamos de comprar os pisos para os banheiros: Stiles Drapes para as paredes de Marmo Baltico para o piso, da Batistela. Ambos retificados (ou como eu os chamo: porcelanato de pobre... sim porque são bonitos comos os primos ricos, bem retinhos nas quinas, são assentados com uma fuga de no máximo 1,5mm, só que no entando ainda são cerâmicos - ou seja, mais porosos, menos resistentes...etc.... o que muda mesmo do irmão mais feio - a cerâmica mesmo - é só o recorte que é feito atráves de máquinas mais precisas que o deixam retinho tal qual o porcelanato).

Bom acho que chega de escrever por enqt, vamos à algumas imagens deles - sim, já estão até entregues! Chegaram ontem no cantinho! Estão só esperando pelo azulejista (que aliás, preciso encontrar... até agora nadinha... pena que não temos o Seu Evaldo aqui no Sul Paulinha, empresta ele qnd terminar?....)


Eis os moços já com o filete de mármore do banheiro social! :D


o detalhe da parede...


Aqui com as pastilhas do banheiro da suíte


Eles estocadinhos na sala... esperando serem colocados!


Eis os da cozinha tbm já esperando... :D



Gente, por enqt é isso!
Beijokas da Vivi




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 recadinhos:

Juliana disse...

Vivi do ceu, fiquei imaginando a historia do revestimento xadrez. Ai, medo!! Podem ate dizer q eh chique, mas se isso acontecer no meu banheiro...acho que piro!!hahahahahahah
Adorei o seu revestimento!As pastilhas estao lindas, mas esse filete de marmore...ta massa!!!
beijocas
Ah, muito bom o post! Super informativo!!

Bruno disse...

Muito bom o seu post.
Informou e deve estar ajudando muita gente que passa pela mesma situação.
Parabéns.
Abraços.

Postar um comentário

Sabe como é, tá em casa, então fica a vontade!