desabafo


Olá meninas,

Dizem que não é legal começar uma conversar com um pedido de desculpas, mas hoje vou abrir uma excessão... quero me desculpar já no começo, pois a idéia do post é desabafo... Então junto com as desculpas, peço encarecidamente, que aqueles que não estão afim de ler um post brococho que passem amanhã, no outro post e continuem dali, pois hoje essa mente que vos escreve está triste e desanimada.


Não tem nada haver com a obra, que aliás está a mil por hora - quanto a isso não posso reclamar de absolutamente nada! Pelo contrário, ela tem sido a luz no final do meu tunel. O que tem me deixado inquieta é meu dia a dia... Sem entrar em muitos detalhes, mas estamos passando por tempos mais difíceis na loja... trocamos os donos, pois houveram suspeitas graves sobre má administração e umas outras coisas lá... até ai nada seria da minha conta eu sei, só que somos uma empresa pequena, sim, acredito ainda que "somos" e não "são" como ando tentando me convencer... Acredito fielmente que uma pessoa deve "vestir a camisa do lugar que trabalha", só que ultimamente venho colhendo pouco desse plantio... não digo somente financeiramente - já que esse aspecto já está totalmente fora de jogo... e minha pilha de contas está cada dia maior, mas digo mesmo de por a casa em dia... Certa vez uma boa amiga me deu a melhor definição de mim mesma: sou uma mente extremamente inquieta. Concordo plenamente! Essa é a melhor palavra que me define, e por ser assim ando num desanimo do cão, pois além de não ter retorno financeiro - que sejamos honestos, todos trabalhamos pra pagar nossas contas - eu também não ando vendo retorno profissional... Quando tomei a decisão de investir em algo que eu realmente gostava, imaginava outro caminho... não que alguém fosse caminhar por mim, mas que eu tivesse um caminho pra trilhar e hoje me vejo estancada numa encruzilhada. Cursos que eu queria fazer e levando em conta minha realidade estão definitivamente fora de questão, trabalhos que queria desenvolver e no entanto estamos estancados, patinando sem sair do lugar... Na verdade estou perdida, sejamos sinceros... Não encontro coragem de tomar outro caminho, e esse que estou parece meio rua sem saida... Não sei o que fazer... nem sei se quero alguma coisa pra fazer... por isso gente, do pedido de desculpas... esse é mais um desabafo de alguém sem muita esperança na escolha que fez... uma prece para que a decisão esteja correta... um desejo de tudo terminar bem...

Sabem, lendo o blog de uma irmã de coração que tenho já a algum tempo, achei uma frase legal, que pretendo reler hoje com carinho, pra quem sabe me dar uma luz - e aproveitando, quem quiser dar uma sapeada , não nada haver com reformas ou cantinhos fisicos, mas garanto que sempre acharão um pensamento legal!


"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!" Florbela Espanca

Obrigadinha pela paciência de ler até o final! E de coração espero que tenhamos todos um dia de luz e paz hoje e sempre!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 recadinhos:

Anônimo disse...

Menina, cai fora desse lugar e arranje algo que faça se sentir segura e feliz consigo mesma! Já passei por isso, e sei exatamente o que vc está falando.
Abs

Karla e Armando disse...

Oi Vi!?
Pelo que vc falou, vc terá que tomar novas decisões.
Infelizmente algumas das decisões são acertadas e outras não.
Vc me parece estar muito indecisa... Mais tenho certeza que vc saberá a hora de agir e com certeza tomara a decisão certa.
Sabe como é minha definição de vc? Uma pessoa super dinâmica.

Não fique triste...Como vc msm disse: “um desejo de tudo terminar bem”
Força... Estarei sempre torcendo por vc!

Beijos Karla.

Shilola disse...

Ai Vivi...
Sei que tem fases da vida da gente (profissional, pessoal ou seja lá o que for...), que ficamos nesses dilemas... Mas querida, sinceramente, só o seu coração vai dizer se continuar investindo neste lugar irá te fazer bem, ou não... :D
Sempre vale o desabafo... Não tem nem que pedir desculpas por isso...
Mas coloque na balança os pros e contras e veja o que é melhor pra vc!
Sorte sempre!
Bjocas,
Carol

Viviane H. Sampaio Furukawa disse...

Olá meninas!

Obrigada pela força! Ainda continuo sem novidades sobre o assunto, mas amanhã devo começar a me mexer e tentar correr atrás dos meus direitos! Mas de qq forma obrigada pela força e pelas palavras de apoio! É tão bom saber que temos ombros amigos qnd precisamos!

Postar um comentário

Sabe como é, tá em casa, então fica a vontade!